Telefone

47 3368-9438 | 9.9127-5156

Endereço:

Final da Rua 258, esquina com a rua 260-A, nº915 - Meia Praia/Itapema (Ao lado do Colégio Atlântico)

Porque fazer a depilação a laser?

Para muitas pessoas, a palavra depilação é sinônimo de incômodo e dor. Isso porque no caso da depilação com lâmina, elas se veem na obrigação de se depilarem com grande frequência, já que os pelos crescem rápido e muitas sofrem reações desagradáveis como irritações e coceiras, além do risco de surgirem pelos encravados. Outras fazem a depilação com cera, um procedimento bastante doloroso e que também pode causar alergias e irritação.
Mas é possível se livrar desses incômodos aderindo ao laser. Quer conhecer as principais vantagens desse método? Confira no post de hoje porque fazer depilação a laser!
Vantagens da depilação a laser
Retirada de pelos
Na depilação a laser, os bulbos capilares são destruídos, dificultando ou impedindo o crescimento dos pelos. Isso ocorre pois, durante o procedimento, o laser é emitido e, por contraste de tonalidade, é absorvido pela melanina concentrada na raiz do pelo. Aqueles pelos que estão junto à raiz e com maior quantidade de cor são superaquecidos, o que ocasiona a morte do bulbo. Como os pelos têm fases de crescimento distintas, nem todos são atingidos na primeira sessão, mas no decorrer das demais sessões ocasionalmente também serão eliminados.
Eficácia
Além de ser mais rápido e seguro, menos incômodo e doloroso, o procedimento de depilação a laser é o mais eficaz para a remoção dos pelos dentre os métodos disponíveis. É um tratamento bastante duradouro, para não dizer definitivo, pois pode acontecer em alguns casos o surgimento de novos pelos, dependendo da região depilada e da ação dos hormônios do corpo. Em muitas pessoas, a manutenção do tratamento é necessária somente depois de anos.
Pele mais lisa
A depilação a laser promove uma sensação de pele lisa e macia após o tratamento. Além disso, elimina o problema de pelos encravados e irritações na área depilada, o que garante uma pele muito mais lisa na região, por tempo prolongado.
Não demanda muitos cuidados
O principal cuidado é não retirar os pelos que forem nascendo com métodos que arrancam o fio pela raiz, como cera, pinça e aparelhos depilatórios. O ideal é que sejam utilizadas lâminas ou cremes para depilar. Outro cuidado deve ser com relação à exposição ao sol. Pelo menos duas semanas antes da depilação a laser, a área não deve ser exposta. Fora isso, não há nada com o que se preocupar!
Não tem contraindicação
Atualmente, praticamente todos os tipos de pele podem fazer depilação a laser, basta fazer uma avaliação na clínica antes de iniciar o tratamento. O principal cuidado com relação ao procedimento é quanto à segurança e competência da clínica escolhida, que deve ser bem conceituada, pois, em alguns casos, quando o profissional responsável não está apto para a depilação, podem acontecer queimaduras na região depilada, formação de bolhas e escurecimento da pele.
Como foi possível perceber, são várias as vantagens e os benefícios desse tipo de procedimento. E então, ainda se perguntando porque fazer depilação a laser? Restou alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu e-mail em nosso espaço para comentários que entraremos em contato.

Novo Método Bioeletroperapia (Biotecnologia Molecular)

Um novo método que está revolucionando a Estética, promove o fortalecimento muscular pré e pós operatório.

O que é? O Método Inovador Bioeletroterapia foi desenvolvido para facilitar e maximizar comprovadamente os resultados de um tratamento estético ou fisioterapia e hipertrofia. O método Bioeletroterapia age em todo o corpo, mesmo em músculos ou depósitos de gorduras, com muito mais eficiência que outros aparelhos e a ginástica física, pois meia hora de utilização do mesmo corresponde a 08 horas de ginástica. Pra que serve? Redução de medidas, gordura localizada, celulite, estimulação de colágeno para rugas e linhas de expressão, hipertrofia. Pós-parto, pós-emagrecimento, pré e pós-lipoaspiração. Melhorar a performance Física: Recuperação de força muscular, melhorar o rendimento, preparação para qualquer trabalho, reeducação postural, estimulação do fluxo sanguíneo e linfática.

Todo procedimento deve ser realizado com um profissional capacitado, um fisioterapeuta dermatofuncional.

 

Benefícios da Radiofrequência

A Radiofrequência ajuda na flacidez do rosto e do corpo, seus benefícios vão além de ajudar na flacidez da pele.

 A radiofrequência é um tratamento estético utilizado no combate à flacidez do rosto ou do corpo, sendo muito eficaz para eliminar rugas, linhas de expressão e até mesmo a gordura localizada e também a celulite, é um método seguro com efeitos duradouros.

O aparelho de radiofrequência eleva a temperatura da pele e do músculo e isto contrai o colágeno existente e aumenta a produção de mais fibras colágeno e elastina, dando mais sustentação e firmeza à pele. Além disso, a elevação da temperatura rompe as membranas das células de gordura, fazendo com que esta seja eliminada do corpo. Os resultados podem ser observados nos primeiros dias logo após a primeira sessão e o resultado é progressivo, e por isso, quantos mais sessões, a pessoa fizer, maiores e melhores serão os resultados.

A radiofrequência é indicada para:

  • Aumentar a oxigenação;
  • Acelerar a eliminação de toxinas;
  • Reduzir celulite;
  • Combater estrias e fibroses;
  • Melhorar a aparência das cicatrizes;
  • Combater a gordura localizada na barriga, culote, flancos, braços, papada;
  • Combater a flacidez em qualquer área do corpo;
  • Combater a celulite por melhorar a firmeza da pele e queimar a gordura local.
  • Diminuir as rugas;
  • Melhorar a aparência da pele;
  • Melhorar a qualidade do colágeno e da elastina;
  • Reorganizar as fibras de colágeno e elastina;
  • Melhorar a microcirculação;
  • Melhorar a hidratação da pele;

O fisioterapeuta especialista poderá avaliar pessoalmente a pessoa e indicar os locais mais indicados para serem tratados com a radiofrequência.

O procedimento é simples, a pessoa fica deitada numa maca, a fisioterapeuta irá espalhar um gel específico sobre a área a ser tratada e depois ela irá deslizar o equipamento de radiofrequência com movimentos circulares verificando constantemente a temperatura da região com auxílio de um termômetro a laser, e por fim, deverá retirar o gel e limpar a área tratada.

No caso da radiofrequência fracionada, um tratamento mais indicado para eliminar as rugas e linhas de expressão da face, o procedimento é ligeiramente diferente, porque o aparelho não desliza sobre a pele, mas são emitidos pequenos jatos, como se fosse um laser em pequenas áreas do rosto.

Quantas sessões de radiofrequência fazer?

O número de sessões de radiofrequência a fazer vai depender dos objetivos da paciente mas os resultados podem ser sutilmente observados logo na primeira sessão.

  • Radiofrequência no rosto: No caso das linhas de expressão, elas podem desaparecer logo no primeiro dia e nas rugas mais espessas, a partir da 5ª sessão haverá uma grande diferença. Quem optar pela radiofrequência fracionada deve realizar cerca de 3 sessões.
  • Radiofrequência no corpo: Quando o objetivo é eliminar gordura localizada e tratar a celulite, dependendo da sua graduação, de 7 a 10 sessões serão necessárias.

Apesar de ser um tratamento estético um pouco dispendioso, ele possui menos riscos que uma cirurgia plástica e seus resultados são progressivos e duradouros. Recomenda-se um intervalo mínimo de 15 dias entre cada sessão.

Quem não pode fazer ?

O tratamento com radiofrequência é indicado para adolescentes e adultos saudáveis, que tenham a pele íntegra. O tratamento possui algumas contraindicações que incluem:

  • Febre;
  • Hipertensão arterial;
  • Gravidez;
  • Durante a quimioterapia,
  • Em caso do indivíduo possuir doenças do colágeno que o quelóide, por exemplo;
  • Prótese metálica na região a ser tratada;
  • Pacemaker;
  • Diabetes pela alteração da sensibilidade no local a ser tratado.

Procure sempre um especialista.